Estratégia do Desperdício – Vance Packard

Título Original: Estratégia do Desperdício (The Waste Makers – 1960)

Autor: Vance Packard

184 páginas

Editora: -

Resenha de: Rafael Gatti

Rafael Gatti é graduando do curso de Design da FAUUSP e idealizador do projeto Design Simples. Possui outros textos publicados no Design em Artigos.

Trata-se de uma importante leitura que nos ajuda a compreender melhor o problema da “obsolescência planejada” presente nos objetos produzidos pela indústria. O livro denuncia com clareza, as diversas estratégias pouco éticas para incentivar o consumo de bens na sociedade americana da década de 50, época conhecida como o auge do “american way of life”.

Esta obra possui 25 capítulos divididos em três partes: “dilema em desenvolvimento”, “em resposta, nove estratégias”, ”implicações” e “alguns rumos sugeridos”.

Inicialmente o autor nos apresenta o duro desafio de se manter a economia americana em constante crescimento. A “contribuição para o desenvolvimento do país” é a justificativa por trás das práticas que tanto desrespeitam o consumidor. Obsolescência é a maior delas. Em suma, são três formas de se promover obsolescência: por função, durabilidade e desejabilidade. A primeira forma, a obsolescência funcional, não é prejudicial, mas sim muito bem vinda. Ocorre quando um produto é substituído por um novo modelo que tenha desempenho superior, incentivando assim a inovação. Já a obsolescência por durabilidade é firmemente criticada por Packard. Neste caso os fabricantes, intencionalmente, reduzem a vida útil de seus produtos para aquecer o mercado de peças de reposição ou mesmo para que sejam substituídos ainda mais rápido. Na obsolescência por desejabilidade, abusa-se da moda para induzir o consumidor a substituir um determinado objeto a cada nova troca de estilo, mesmo aqueles que estejam funcionando perfeitamente.

Packard é bem preciso em sua argumentação, cita empresas e exemplifica casos. Seu ponto de vista se opõe ao de famosos designers da época, como Harley Earl, idealizador do “modelo anual” de automóveis, que chamava a obsolescência planejada de “economia dinâmica” e a considerava um estímulo para a criatividade dos designers.

A leitura de “Estratégia do Desperdício” nos tornará mais críticos e seletivos quanto aos nossos hábitos de consumo. Extremamente útil para a reflexão sobre a atividade de projeto, este livro é recomendado para todos que estudam, trabalham ou se interessam por design. Obsolescência planejada é um assunto bastante ligado ao desenho industrial com grande impacto na qualidade de vida das pessoas, pois concentra a renda e empobrece o consumidor.

Este título pode ser encontrado em sebos de São Paulo por preços em torno de R$20.

sobre o autor do livro

Vance Packard foi um jornalista, escritor e crítico social norte-americano. Também escreveu “The Hidden Persuaders” (1957), onde aborda a questão ética do uso de técnicas de pesquisa de comportamento dos consumidores pela indústria da propaganda.

Espalhe esse texto:
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • StumbleUpon
  • Yahoo! Buzz
  • email
  • Yahoo! Bookmarks
  • MySpace
  • LinkedIn
  • Netvibes